No âmbito das celebrações do dia Mundial da Monitorização da Água

P9191580

Apresentado na segunda Feira, na Escola Primária 1 Unidade 11, bairro de Chamanculo C na Cidade de Maputo, Estudo sobre a monitorização da água e Redução das perdas.

O evento contou com a presença do PCA da empresa AdeM , Dr.José Ferrete, Administradores das áreas comercial Eng.Estaline Mahoche e de Suporte Eng.Gildo Timotéo e outros quadros da empresa.

O estudo revela ao uso racional da água e a necessidade de envolvimento dos alunos na partilha de informação sobre as fugas, que se registam na capital do país.

 

 

 

 

AdeM aposta na formação dos seus colaboradores

 

A AdeM, através do seu braço de Recursos Humanos, projecta para o ano de 2016, um programa de formação vocacional para 341 colaboradores nas suas mais variadas áreas.

A formação, e a capacitação profissional dos colaboradores têm sido, nos últimos anos, um dos assuntos que vem merecendo atenção dos gestores da empresa.

Com efeito, numa época em que a capacidade de adaptação da empresa às mudanças que, dia após dia acontecem no meio de actuação contínua e levando em consideração a necessidade dos seus colaboradores, alinhados com os objectivos da organização, a formação aparece como factor determinante para o alcance de níveis de eficácia, qualidade e eficiência, à altura dos desafios de competitividade da empresa Águas da Região de Maputo, S.A.

Para o alcance destes objectivos, pressupõe-se que a empresa tenha um plano de formação e capacitação contínua dos seus colaboradores como parte do processo de transformação e inovação organizacional.

Este processo, só será possível se contar com o empenho de todos, incluindo a gestão do topo.

Para 2016, as observações dos responsáveis sectoriais foram emitidas em sede de entrevistas as quais permitiram a clarificação das responsabilidades e as exigências inerentes a cada função.

Água consumida em Maputo obedece aos padrões da OMS

 

ETA

                                                                                                                                                  Estação de Tratamento de Água do Umbeluzi

O alegado estudo revela, sem consistência e profundidade, a existência de bactérias tóxicas na barragem dos Pequenos Libombos, na província de Maputo.

As autoridades sanitárias asseguram que água fornecida às cidades de Maputo, Matola e ao distrito de Boane é apropriada para o consumo humano.

Segundo a Directora Nacional Adjunta de Saúde Pública, Benigna Matsinhe, a água fornecida pela empresa Águas da Região de Maputo obedece os parâmetros definidos pela Organização Mundial da Saúde.

“Neste momento a cidade de Maputo está a consumir água potável, e é boa para o consumo humano.

“O que eu sei é que a empresa Águas da Região de Maputo antes de distribuir a água, faz análises da água para verificar os padrões da potabilidade da água. Nós também como Ministério da Saúde, através do Laboratório Nacional de Higiene Águas e Alimentos, colhemos amostras. Até aqui das análises que nós fizemos, os resultados mostram que a água fornecida esta dentro dos parâmetros normais para o consumo humano.”  Frisou a Directora Nacional Adjunta de Saúde Pública, no Ministério da Saúde, Benigna Matsinhe.

DE VISITA AO CENTRO DISTRIBUDOR DE LAULANE

 Governadora desafia AdeM a aumentar níveis de cobertura no abastecimento de água

Governadora Chegada

 A Governadora da Cidade de Maputo, Iolanda Cintura, desafia a empresa AdeM, a aumentar os níveis de cobertura no abastecimento de água à Cidade de Maputo.

Iolanda Cintura falava no final da visita que efectuou ao centro de distribuição de água de Laulane, no passado dia 11 de Agosto.

Iolanda Cintura constatou que “duma forma geral as operações da AdeM estão a decorrer com normalidade e o nosso desejo é que haja uma maior cobertura em termos de abastecimento de água, mas isso está naturalmente dependente dos investimentos a realizar”.

A governadora da Cidade de Maputo mostrou-se preocupada com o nível de endividamento dos clientes.

“Uma das preocupações que temos é a questão das dívidas. Nós recomendamos que se trabalhe nos bairros para a sensibilização e expandir as facilidades do pagamento das dívidas, porque é isso que é necessário para o bom funcionamento da empresa”.

A Governante reconheceu que a actual percentagem dos níveis de cobertura não são suficientes para fazer face a procura da água na capital do país.

“Temos conhecimento de que o governo está a fazer investimentos visando o aumento da capacidade de abastecimento de água”, disse a governadora.

AdeM desfila nas celebrações do 1° de Maio

 

A Águas da Região de Maputo, S.A, marcou a sua habitual presença nas festividades do Dia Mundial do Trabalhador, realizadas no dia 1 de Maio corrente, sob o slogan “Orgulho Nacional e Referência Internacional”.

Organizadas pelo Comité Sindical local, as actividades consistiram na habitual marcha pela Avenida 25 de Setembro, a qual desemboca na Praça dos Trabalhadores na baixa da cidade de Maputo e, realizando-se posteriormente um simbólico convívio no Complexo Oficinal da AdeM para a celebração da data.

Tomando da palavra, o Secretário do Comité Sindical da AdeM, Arnaldo Machava regozijou-se pela presença em peso da massa laboral da empresa a todos os níveis e ressalvou que a data significava, acima de tudo, um momento ímpar de reflexão sobre o cometimento dos colaboradores da AdeM em relação ao alcance e superação das metas estabelecidas.

De igual modo, Machava instou a cada colaborador, a prestar um momento de reflexão individual e colectiva sobre tão almejados anseios.

Por sua vez, o Engº. Bento Mualoja, Presidente do Conselho de Administração da AdeM, reiterou a necessidade de cada colaborador fazer uma auto-avaliação do desempenho e consciencializar-se cada vez mais sobre o seu papel no desenvolvimento da empresa.

O Engº. Bento Mualoja, lembrou a todos os presentes, com um recado aos que por motivos de vária ordem não se puderam fazer chegar ao local das comemorações, isto é, Complexo Oficinal da empresa, que os desafios que temos agigantam-se cada vez mais, pois estão enquadrados num contexto de desenvolvimento estrutural da qual a nossa empresa também faz parte numa altura em que as cobranças mostram-se cada vez mais distantes das metas definidas, pelo que, Bento Mualoja convidou cada colaborador a redobrar esforços para o alcance daqueles objectivos para a melhoria das condições da empresa.

E, não era para menos, o evento teve um momento de festa que se pode considerar ímpar. Logo após ao corte do bolo e subsequente banquete, o momento cultural tomou conta de todas as festividades.

Estiveram em palco os conceituados artistas: Rosália Mboa, Tofo Tofo, Hermínio, Humberto Luís, os quais deram o seu máximo para elevar a efeméride ao seu píncaro emocional.

Entrevistados, de forma geral os presentes manifestaram-se eufóricos para com as comemorações e acreditam que, mesmo com o crescente nível de desafios que se enfrenta, a sua entrega promete superar todas as adversidades.

 

Дървени летви - колчета http://www.emsien3.com/letvi от ЕМСИЕН-3
Дървени талпи http://www.emsien3.com/талпи от ЕМСИЕН-3

                                                                                    Copyright © 2018 ADEM. Todos os direitos reservados.

 
image002

Av. Eduardo Mondlane nº 1352.5º Andar.
C.postal nº 2952.Maputo.Moçambique.
Tel.: 258 21 302432 / 325160
Fax.: 258 21 324675
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook  youtube 2